Mundo

Mundo

Fechar
PUBLICIDADE

Mundo

Trump cancela viagem a Londres e diz que Obama vendeu embaixada por '''mixaria'''

Presidente dos EUA participaria da inauguração da nova embaixada americana em Londres. No Twitter, Trump criticou localização do prédio, de US$ 1,2 bi.

 
 -  Theresa May e Donald Trump conversam durante encontro na sede da Otan em Bruxelas  Foto: REUTERS/Thierry Charlier/Pool
Theresa May e Donald Trump conversam durante encontro na sede da Otan em Bruxelas Foto: REUTERS/Thierry Charlier/Pool

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou no Twitter nesta sexta-feira (12) que cancelou uma visita que faria no início deste ano a Londres. A viagem tinha como objetivo inaugurar a nova embaixada americana na capital inglesa na região de Nine Elms, considerada por Trump como "fora de mão".

Em sua conta na rede social, Trump disse que suspendeu a visita porque seu antecessor, Barack Obama, vendeu a antiga embaixada por 'mixaria'. Por causa do mau negócio, Trump diz não querer inaugurar a nova sede. A antiga ficava em Grosvenor Square, no prestigiado distrito de Mayfair, no centro de Londres. Já Nine Elms fica ao sul do Tâmisa.

"A razão pela qual eu cancelei minha viagem a Londres é que eu não sou um grande fã da administração de Obama vendendo talvez a mais bem localizada e melhor embaixada em Londres por 'mixaria', apenas para construir uma nova em um lugar ruim por US$ 1,2 bilhões. Um negócio ruim. Queriam que eu cortasse a fita-NÃO!", disse Trump no Twitter.

Nada bem-vindo

Mais de um ano após assumir a Presidência, Trump ainda não visitou Londres. Muitos britânicos prometem protestos em massa contra o presidente norte-americano, que veem como grosseiro e contrário a seus valores em diversas questões, segundo a Reuters.

A nova Embaixada dos Estados Unidos em Londres, que fica na região de Nine Elms (Foto: Justin Tallis/AFP) A nova Embaixada dos Estados Unidos em Londres, que fica na região de Nine Elms (Foto: Justin Tallis/AFP)

A nova Embaixada dos Estados Unidos em Londres, que fica na região de Nine Elms (Foto: Justin Tallis/AFP)

A possibilidade do cancelamento da visita de Trump a Londres já era especulada desde o ano passado, depois de um tiroteio verbal entre o presidente dos EUA, a primeira-ministra britânica Theresa May e o prefeito da capital inglesa, Sadiq Khan.

Também pelo Twitter, Trump postou vídeos contra muçulmanos, publicados por um grupo nacionalista radical britânico.

Logo após o ocorrido, o prefeito de Londres, que é muçulmano, afirmou que a visita não era bem-vinda. Para Khan, o episódio configurava uma "traição" na relação entre os dois países, aliados de longa data.

Trump e o Prefeito de Londres, Sadiq Khan (Foto: REUTERS/Jonathan Ernst (L) and REUTERS/Clodagh Kilcoyne (R)/File Photos) Trump e o Prefeito de Londres, Sadiq Khan (Foto: REUTERS/Jonathan Ernst (L) and REUTERS/Clodagh Kilcoyne (R)/File Photos)

Trump e o Prefeito de Londres, Sadiq Khan (Foto: REUTERS/Jonathan Ernst (L) and REUTERS/Clodagh Kilcoyne (R)/File Photos)

 

 

 

Veja mais:

PUBLICIDADE
Variedades 18 coisas que só sabem quem tem irmãos
Música Ariana Grande x Christina Aguilera. Quem imita melhor?
Comportamento Como você sabe se ele realmente é o homem certo para você?
Celulares Vídeos Youtube poderão ser abertos dentro do Whatsapp
Ecologia Será que só os humanos perderam o sentido de amor?
Ecologia Impressionante: Formigas criam pulgões como humanos domesticam gado
Ecologia Grupo produz e vende produtos de tecidos veganos, orgânicos, que não agridem o meio ambiente
Turismo Mundo Subterrâneo: Um incrível reino descoberto depois de milhões de anos oculto
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE