Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Com avanço de mortes por febre amarela em MG, prefeituras do Centro-Oeste discutem prevenção

Uma morte pela doença foi confirmada na terça-feira 9 em Carmo da Mata.

 
 -  Prevenção contra a febre amarela é discutida na região  Foto: Reprodução/TV Globo
Prevenção contra a febre amarela é discutida na região Foto: Reprodução/TV Globo

O enfrentamento da febre amarela começou a ser discutido nesta quinta-feira (11) na sede da Secretaria Regional de Saúde de Divinópolis. A primeira vítima da doença na região Centro-Oeste de Minas foi um homem de 39 anos, morador de Carmo da Mata. A confirmação da morte por febre amarela foi feita na terça-feira (9), pela Prefeitura da cidade.

Participaram do encontro representantes de 54 municípios. Entre as medidas propostas pelo Governo de Minas está a imunização de crianças, jovens e adultos como primeira ação de enfrentamento da doença.

Em nota ao G1, a Secretaria Estadual de Saúde (SES) informou que a reunião teve o objetivo de apresentar a situação epidemiológica da febre amarela no Estado e discutir as estratégias de intensificação das atividades de prevenção.

Além disso, o encontro orientou os gestores municipais de saúde sobre como proceder em relação às notificações de casos de febre amarela, como devem ser conduzidas as coletas de amostras biológicas e as ações de assistência aos pacientes.

Vacinação

A situação preocupa todos os municípios. Em Bom Despacho, por exemplo, a campanha de vacinação contra a febre amarela foi programada para a segunda quinzena de janeiro.

"Vamos realizar a campanha de imunização no dia 20 [sábado]. Serão vacinadas as pessoas de 9 meses a 59 anos. Acima dos 60 anos, a vacina é para aquelas pessoas que tiverem prescrição médica", explicou o gerente de Vigilância Epidemiológica, Fernando Clemente Couto Júnior.

De acordo com a subsecretária de Inovação e Logística da SES, Adriana Araújo, foram distribuídas vacinas nos 340 postos da Regional de Saúde. "A nossa maior proposta e também preocupação é quanto à imunização."

Mortes por febre amarela

O Governo de Minas confirmou nesta quinta-feira (11) nove mortes por febre amarela no Estado. O balanço leva em conta óbitos registrado pela doença desde julho de 2017 até agora.

Todos os casos de óbitos confirmados são de pessoas do sexo masculino, com idade entre 41 e 51 anos. De acordo com a SES, exames laboratoriais comprovaram ainda que nenhuma das vítimas era vacinada contra a febre amarela.

Carmo da Mata

A primeira morte do ano de 2018 por febre amarela na região Centro-Oeste do Estado foi registrada em Carmo da Mata. A secretária Municipal de Saúde, Natália Resende, informou que, neste momento, a cidade concentra todos os esforços na prevenção da doença.

“Até a manhã desta quinta-feira já havíamos aplicado 470 doses da vacina, tanto na zona rural quanto na zona urbana. Todas as unidades de saúde estão funcionando em horários especiais. A população pode se dirigir a qualquer uma delas para tomar a vacina", disse Natália.

 

 

 

Veja mais:

PUBLICIDADE
Ciência Crânio encontrado em West Sussex sugere que as praias da região foram usadas como cemitérios
Saúde e Bem Estar 7 cuidados que devemos ter quando vamos entrar ou sair do inverno
Mangás e Animes Alguns dos momentos mais hilários dos Simpsons
Variedades Magnum 44
Ecologia Será que só os humanos perderam o sentido de amor?
Comportamento Quer impressionar uma garota? aqui vão algumas dicas
Música Nevermind, as curiosidades deste disco histórico do Nirvana
Saúde e Bem Estar No inverno a pele também merece cuidados
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE