Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

ECONOMIA

Bovespa recua após governo adiar decisão de pautar reforma da Previdência

 
 -
O principal índice da bolsa paulista opera em queda nesta quinta-feira (7), com a cautela voltando ao foco após o governo federal adiar a decisão sobre a data para a votação da reforma da Previdência na Câmara dos Deputados, diante da incerteza de possuir os votos necessários para aprovação, segundo a Reuters.

Às 13h45, o Ibovespa caía 1,05%, a 72.497 pontos.

Entre os destaques de queda estão a Petrobras e Vale, que recuavam com força. Os bancos Itaú Unibanco, Bradesco e Banco do Brasil também tinham desvalorização.

Os ânimos voltaram a esfriar diante das dúvidas em relação à quantidade de votos em apoio à reforma da Previdência, o que fez o governo do presidente Michel Temer adiar para esta quinta-feira uma decisão sobre se a nova versão da reforma da Previdência será colocada em votação no plenário da Câmara na próxima semana. A medida precisa de pelo menos 308 votos para passar na Câmara.

"Ontem o PMDB e PTB anunciaram formalmente que seus membros irão votar a favor da reforma e espera-se que entre hoje e amanhã outros partidos anunciem seu apoio, mas a cada recontagem de votos o governo acaba sabendo que o número de 308 votos ainda está longe e isto gera apreensão em nosso mercado financeiro", escreveram os analistas da corretora Magliano em nota a clientes.

Na véspera, o Ibovespa subiu 1%, a 73.268 pontos.


G1

 

 

 

Veja mais:

PUBLICIDADE
Saúde e Bem Estar Como se livrar naturalmente das estrias
Variedades Fotos curiosas que lhe farão pensar um pouco
Variedades Coisas absurdas mas que eram normais no passado
Variedades Super Heróis em situações inusitadas
Comportamento O que você vê primeiro nesta imagem?
Mangás e Animes 15 frases de Homer Simpson que demonstram sua sabedoria
Ciência Sua fala pode demonstrar o quanto é inteligente
Ecologia Impressionante: Formigas criam pulgões como humanos domesticam gado
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE