Mundo

Mundo

Fechar
PUBLICIDADE

Mundo

Embaixador venezuelano na ONU renuncia ao cargo e diz que foi por ordem de Maduro

Fui removido por minhas opiniões , diz Rafael Ramírez. Analistas afirmam que rivalidade com Maduro aumentou após artigos criticando sua condução da economia.

 
 -  O venezuelano Rafael Ramírez, em imagem de arquivo  Foto: Bebeto Matthews/ AP Photo
O venezuelano Rafael Ramírez, em imagem de arquivo Foto: Bebeto Matthews/ AP Photo

O ex-czar do petróleo da Venezuela Rafael Ramírez afirmou nesta terça-feira (5) que renunciou ao cargo de embaixador na Organização das Nações Unidas por ordem do presidente, num sinal de rupturas crescentes no Partido Socialista, que sob o comando do falecido líder Hugo Chávez era firmemente unido.

Em sua carta de quatro páginas publicada no Twitter, Ramírez disse que renunciou na segunda-feira depois de receber ordens para fazê-lo. "Eu fui removido por minhas opiniões", disse Ramírez.

"Ao me atacar pessoalmente, você está afetando a unidade das forças revolucionárias e o legado do comandante Chávez", acrescentou ele na carta dirigida ao ministro das Relações Exteriores, Jorge Arreaza.

Ramírez não discutiu seus próximos movimentos em uma carta de renúncia, mas uma fonte próxima a ele disse à Reuters na terça-feira que ele deixou os Estados Unidos.

Vários aliados próximos de Ramírez, e também um parente, foram presos na Venezuela nas últimas semanas como parte de um expurgo no setor de petróleo em relação a acusações de corrupção, provocando dúvidas sobre se Ramírez ousaria retornar a Caracas.

A saída do cargo na ONU representa uma queda notável para Ramírez, que liderou a companhia estatal de petróleo PDVSA e o Ministério do Petróleo por uma década e foi um dos confidentes mais próximos de Chávez. Em 2014, Maduro rebaixou Ramírez e o nomeou para a ONU.

Segundo analistas, uma rivalidade prolongada entre Ramírez e Maduro aumentou nas últimas semanas, especialmente depois que Ramírez escreveu artigos online criticando a condução da economia pelo presidente.

O governo disse que indicou Samuel Moncada, ex-ministro da Relações Exteriores, como novo embaixador na ONU.

 

 

 

PUBLICIDADE
Turismo Mundo Subterrâneo: Um incrível reino descoberto depois de milhões de anos oculto
Saúde e Bem Estar Como ter as mãos lindas e suaves em apenas 60 segundos
Comportamento Estudo diz que casamento alivia o estresse
Variedades Fotos curiosas que lhe farão pensar um pouco
Mangás e Animes 15 frases de Homer Simpson que demonstram sua sabedoria
Turismo Coisas que não são permitidas na Arábia Saudita: cinemas, gatos, mulheres dirigindo...
Internet Fotoramio, um espetacular editor de imagens online e gratuito
Variedades Um teste que os adultos não conseguem resolver, uma criança encontra a resposta em poucos segundos
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE