Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Emenda que aumenta tempo de concessão de empresas de ônibus é aprovada

 
 -   Foto: Oswaldo Forte/Agência Belém
Foto: Oswaldo Forte/Agência Belém

Durante a sessão ordinária desta terça feira (14), vereadores de Belém aumentaram o tempo de concessão das empresas de ônibus que vencerem a licitação para atuarem no município por mais 6 anos, totalizando 12 anos.

No começo de 2017 foi aprovada uma lei encaminhada pela prefeitura de Belém, que não só garantia o processo de licitação do transporte público, como também o funcionamento do BRT com ônibus articulados, climatizados e com rede de wi-fi.

O projeto estabelecia seis anos de concessão para as empresas vencedoras da concorrência, mas segundo o vereador Victor Dias (PTC), autor da mudança, esse tempo reduzido não dava atrativo para as empresas de fora e dentro do estado participarem do processo de escolha.

Para que a emenda modificativa entrasse em pauta, foi necessário consenso entre os vereadores que assinaram a documentação contendo as alterações, concordando com a revisão e modificação no projeto. Do total de 35 vereadores, 20 parlamentares assinaram a solicitação.

Para a vereadora Marinor Brito (PSOL), independente do tempo estabelecido, a prefeitura de Belém precisa cobrar das empresas que atuarão na capital um transporte de qualidade, com frota renovada e climatizada, com condições de segurança, higiene e que não aconteçam situações que violem os direitos dos cidadãos que pagam por uma passagem com valor alto.

PUBLICIDADE
Saúde e Bem Estar Truques de maquiagem que facilitarão sua vida
Saúde e Bem Estar Algumas razões para seu cabelo estar caindo
Variedades Teste de atenção, encontre a letra A
Comportamento Você sabia que o álcool pode ser segredo de um relacionamento duradouro?
Turismo Coisas que não são permitidas na Arábia Saudita: cinemas, gatos, mulheres dirigindo...
Celulares Recursos legais do botão central nos fones de ouvido do iPhone
Turismo Castelo Yester, as ruínas de uma contrução histórica envolta em misticidade
Variedades Apenas 3% da população mundial tem a marca X em ambas as mãos
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE