Mundo

Mundo

Fechar
PUBLICIDADE

Mundo

Juiz federal mantém prisão de ex-governador de MS e outros 3 alvos da 5ª fase da Lama Asfáltica

André Puccinelli PMDB e o filho André Puccinelli Júnior são suspeitos de participarem de fraude que teria desviado pelo menos R$ 235 milhões.

 
 -  Chegada do ex-governador de MS e do filho Puccinelli Júnior no Centro de Triagem, em Campo Grande  MS , onde ficarão presos  Foto: Alysson Maruyama/T
Chegada do ex-governador de MS e do filho Puccinelli Júnior no Centro de Triagem, em Campo Grande MS , onde ficarão presos Foto: Alysson Maruyama/T

O juiz federal Ney Gustavo Paes de Andrade, da 3ª Vara Federal de Campo Grande, manteve a prisão do ex-governador André Puccinelli (PMDB), do filho André Puccinelli Júnior e outros dois presos nesta terça-feira (14) pela 5ª fase da Operação Lama Asfáltica, denominada Papiros de Lama.

O magistrado perguntou ao ex-governador se foi bem tratado hoje, se toma algum remédio e se teria alguém que poderia levar os medicamentos na prisão. Puccinelli fez exame de corpo de delito antes de seguir para a audiência de custódia.

Puccinelli Júnior foi ouvido por três minutos e disse que tem renda variável entre R$ 35 e R$ 40 mil por mês.

Jodascil Gonçalves Lopes afirmou ao juiz que o rendimento mensal como funcionário de uma universidade é entre R$ 3 e R$ 4 mil, mas como advogado varia. Ele deve fazer exame de corpo de delito no Instituto Médico e Odontológico Legal (Imol) na quarta-feira (15). O quarto preso na operação foi João Paulo Calves.

O advogado René Siufi, que defende o ex-governador e Puccinelli Júnior, disse que André sempre colaborou com a investigação. Por isso, pediu a substituição da prisão preventiva por medidas cautelares.

A defesa de Jodascil e João Paulo afirmou que os clientes foram presos para prestar esclarecimentos para a Polícia Federal. André Borges disse aindad que hoje, cada um deles, prestou 16 páginas de declarações e nenhuma pergunta ficou sem resposta.

O ex-governador e Puccinelli Júnior vão ficar presos no Centro de Triagem do Presídio de Segurança Máxima, enquanto Jodascil e João Paulo foram levados para o Presídio Militar. O juiz ainda determinou prisão especial ao ex-governador por ter formação superior e "sala de estado maior com instalações e comodidades condignas" aos demais por serem advogados.

O Ministério Público Federal (MPF) pediu a manutenção da prisão sob o argumento de que não haveria motivo para revogar as prisão preventivas e temporárias.

 

 

 

Veja mais:

PUBLICIDADE
Notícias Upskirting: mulher protesta contra homens que levantam saias em metrôs
Comportamento Como você sabe se ele realmente é o homem certo para você?
Comportamento Homens atraentes são mais egoístas, diz estudo
Humor Brinquedos feitos para crianças, ou para uma sex shop?
Saúde e Bem Estar Fumar ajuda perder peso? Veja como esse mito deixou doente milhões de adolescentes no mundo
Saúde e Bem Estar 7 cuidados que devemos ter quando vamos entrar ou sair do inverno
Ciência Crânio encontrado em West Sussex sugere que as praias da região foram usadas como cemitérios
Política Os venezuelanos merecem Maduro como presidente?
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE