Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Marido é baleado em confronto com a polícia ao manter mulher refém após ser denunciado por agressão; veja vídeo

Sob ameaça, mulher foi obrigada a entrar em carro com os filhos ao chegar de delegacia após denunciar o marido. Durante perseguição, ele bateu o carro e foi preso.

 
 -  Homem reagiu e houve confronto com os policiais  Foto: TVCA/ Reprodução
Homem reagiu e houve confronto com os policiais Foto: TVCA/ Reprodução

Um homem foi baleado no abdômen durante confronto com a polícia depois de manter a mulher e os três filhos dela reféns em um carro nessa segunda-feira (13), em Rondonópolis, a 218 km de Cuiabá. O crime foi cometido após a mulher ter ido à delegacia para denunciá-lo por agressão. Ele tentou fugir da polícia e só parou após bater o carro, segundo a polícia.

Quando a mulher chegou em casa de táxi depois de ir à delegacia, o marido dela, Ricardo Gonçalves dos Santos, obrigou a mulher e os filhos a entrarem no veículo, sob ameaça. O taxista que havia levado a vítima em casa percebeu a situação e entrou em contato com a polícia.

A ação foi gravada por uma testemunha com um celular. Dois policiais civis do lado de fora se aproximaram do veículo para controlar a situação. A mulher que segura uma criança no braço sai correndo do carro e a policial consegue imobilizar o agressor.

Homem reagiu e houve confronto com os policiais (Foto: TVCA/ Reprodução) Homem reagiu e houve confronto com os policiais (Foto: TVCA/ Reprodução)

Homem reagiu e houve confronto com os policiais (Foto: TVCA/ Reprodução)

Os policiais abordaram o homem, que fugiu. Houve perseguição e ele só parou quando bateu em um veículo que estava estacionado em um estabelecimento comercial próximo à BR-163, onde o vídeo foi gravado.

A Polícia Civil informou que, na abordagem, o homem reagiu e, por isso, foi baleado. Ele foi atingido no abdômen por um tiro.

A mulher e um dos filhos, de dois anos, foram feridos com uma faca. Todos foram encaminhados para o Hospital Regional de Rondonópolis e não correm risco de morte.

Segundo a Polícia Civil, Ricardo Gonçalves já tinha sido condenado por estupro majorado em 2007. As vítimas desse estupro era o filho e um enteado dele.

Ele vai ser encaminhado para a Penitenciária Major Eldo Sá Corrêa, a Mata Grande.

 

 

 

PUBLICIDADE
Saúde e Bem Estar Você pode manter a firmeza dos seios por mais tempo
Saúde e Bem Estar O efeito das bebidas energéticas no seu corpo
Turismo Castelo Yester, as ruínas de uma contrução histórica envolta em misticidade
Saúde e Bem Estar Você pode se livrar de micróbios em sua escova de dentes, e só precisa de um ingrediente
Saúde e Bem Estar Truques de maquiagem que facilitarão sua vida
Tecnologia O curioso modo como é fabricado um processador
Saúde e Bem Estar Alho: cure dores de dente, ouvido ou de cabeça com esse alimento
Variedades Apenas 3% da população mundial tem a marca X em ambas as mãos
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE