Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Tartarugas e jacaré apreendidos em operações são devolvidos à natureza em Santarém

Animais foram soltos na região ribeirinha de Marimarituba nesta terça-feira. Répteis foram apreendidos há pouco mais de um mês em operações integradas de órgãos ambientais.

 
 -  Animais foram transportados de carro até os barcos antes de seguirem para a região onde foram soltas  Foto: Fábio Cadete/G1
Animais foram transportados de carro até os barcos antes de seguirem para a região onde foram soltas Foto: Fábio Cadete/G1

Uma equipe com cerca de 25 técnicos de órgãos ambientais realizou na manhã desta terça-feira (14) na região de várzea Marimarituba em Santarém, oeste do Pará, a soltura das tartarugas que foram apreendidas no final de outubro no município. De barco, além dos quelônios, um jacaré que foi encontrado em uma das vias da cidade também foi devolvido à natureza.

VEJA MAIS: OPERAÇÃO RESGATA QUASE 40 TARTARUGAS-DA-AMAZÔNIA NO LAGO PACOVAL, EM SANTARÉM

No total, 37 tartarugas-da-amazônia passaram por avaliações durante o período que ficaram sob cuidados de equipes veterinárias, mas duas não sobreviveram. A mais pesada dos quelônios tem 34kg e a mais leve 12kg, segundo o médico veterinário do zoológico em Santarém, Jairo Moura. “Após o processo de pesagem e medidas, foi feito a coleta de sangue. Foi identificado que elas têm um perfil sanitário bom, contudo é importante dizer que essa soltura só foi possível após avalição. É para isso que existe um corpo técnico, é para isso que existe as parcerias”, explicou.

Ao todo foram devolvidos à natureza 35 tartarugas e um jacaré  (Foto: Fábio Cadete/G1) Ao todo foram devolvidos à natureza 35 tartarugas e um jacaré  (Foto: Fábio Cadete/G1)

Ao todo foram devolvidos à natureza 35 tartarugas e um jacaré (Foto: Fábio Cadete/G1)

Além das tartarugas, um jacaré da espécie coroa, que foi apreendido em uma das vias do bairro Nova República, há cerca de um mês, também passou pelo processo de exame e foi devolvido ao habitat natural. “O jacaré tem 1,14 metros, é uam fêmea. Ele também foi avaliado e está apto a voltar para a natureza”, completou Jairo.

Equipe de técnicos e profissionais da Polícia Militar, Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma) e um zoológico da cidade participaram a ação de soltura.

 

 

 

PUBLICIDADE
Celulares Novo Iphone deverá ter reconhecimento facial, lançamento previsto para 2018
Variedades Magnum 44
Variedades Como encher balões em casa sem gás hélio
Comportamento 8 segredos da linguagem corporal que usam todas as pessoas bem sucedidas. A 6ª é essencial.
Personalidades Os 23 atores de séries mais bem pagos
Comportamento Tipos de homens que menos atraem as mulheres
Culinária Bolo de leite condensado (sem farinha)
Variedades Super Heróis em situações inusitadas
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE