Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

TRE fecha 37 zonas eleitorais para ajustar a distribuição de eleitores em Goiás

Apesar disso, órgão diz que impacto será baixo para população, que seguirá votando nos mesmos locais.

 
 -  TRE fecha 37 zonas eleitorais para redistribuir eleitores em Goiás  Foto: Reprodução/TV Anhanguera
TRE fecha 37 zonas eleitorais para redistribuir eleitores em Goiás Foto: Reprodução/TV Anhanguera

O Tribunal Regional Eleitoral de Goiás (TRE-GO) vai fechar 37 zonas eleitorais em Goiás devido a uma determinação do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O objetivo do rezoneamento é ajustar a distribuição dos eleitores baseada na quantidade de pessoas em cada região, evitando que alguma área fique com um número muito baixo de eleitores. Com isso, alguns municípios farão partes de outras zonas. A mudança começa no dia 30 deste mês.

Segundo o TRE, não haverá prejuízo para os eleitores. "O impacto será o mínimo possível. As pessoas continuarão votando no mesmo lugar e vão conseguir resolver as questões como certidão, retirada de título de eleitor, nos mesmos pontos, pois a maioria delas vai virar postos de atendimentos", disse a assessora da corregedoria do TRE, Juliana Saddi Artiaga.

Veja a lista com as zonas eleitorais extintas e para onde elas foram transferidas

A assessora explica ainda que esse fechamento e alteração das zonas eleitorais é apenas para uma questão de melhor controle interno e também para gerar uma economia aos cofres públicos.

"Em Goiás, por exemplo, temos zonas com dois, três mil eleitores, e outras com 140 mil. E a estrutura de cada zona é a mesma. Assim, essas menores foram transferidas para outras cidades próximas. Assim, mudará apenas a jurisdição, mudará o juiz que responderá por aquela sede. Mas, para o eleitor, não há alteração", explicou.

Todas as zonas eleitorais extintas serão mantidas postos de atendimento aos eleitores. Porém, a partir de 8 de janeiro, as cidades de Aurilândia, Cumari, Goiandira, Itaguaru, Ivolândia, Mossâmedes, Panamá, Santa Cruz de Goiás, Urutaí e Varjão não terão nem postos de atendimento, sendo necessário procurar a cidade onde está a sede da zona eleitoral.

"Com a mudança, não foi impresso automaticamente um novo título de eleitor, pois nem todos fazem questão de ter o documento, ainda mais que não é necessário apresentar para a votação. Mas, se ele quiser ter o título atualizado, com o número da nova zona, pode pedir uma segunda via sem custos", completou Artiaga.

Além disso, haverá a mudança de eleitores e seções de votação em Aparecida de Goiânia, Anápolis e Rio Verde para que, nas duas primeiras cidades, haja uma média de 100 mil eleitores em cada uma das zonas e 70 mil no terceiro município.

Além da extinção das 37 sedes, 19 municípios mudaram de zona eleitoral, embora não pertençam a nenhuma das extintas. Veja a lista das cidades que sofreram mudança.

Quer saber mais notícias de todo o estado? Acesse o G1 Goiás.

Eleitores vão votar nos mesmo locais, mesmo com fim de algumas zonas eleitorais (Foto: Reprodução/TV Anhanguera) Eleitores vão votar nos mesmo locais, mesmo com fim de algumas zonas eleitorais (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

Eleitores vão votar nos mesmo locais, mesmo com fim de algumas zonas eleitorais (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

 

 

 

PUBLICIDADE
Variedades Como plantar abacate em casa?
Ecologia Flor de jabuticaba
Música Ariana Grande x Christina Aguilera. Quem imita melhor?
Turismo Coisas que não são permitidas na Arábia Saudita: cinemas, gatos, mulheres dirigindo...
Comportamento Quer impressionar uma garota? aqui vão algumas dicas
Variedades Estudo de Oxford diz que não devemos dar o assento aos idosos no transporte público
Variedades Conheça 5 novos usos para Vodka, além de bebida
Educação Escaneres podem indicar túmulo de Nefertiti
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE