Variedades

Variedades

Fechar
PUBLICIDADE

Variedades

Antes de '''Liga da Justiça''', DC teve 26 filmes desde 1951: Veja análise e lista com todos do melhor para o pior

Editora corre tenta alcançar rival com Universo Estendido, mas por muito tempo dominou adaptações cinematográficas de quadrinhos.

 
 -  Ben Affleck, Gal Gadot, Ray Fisher, Ezra Miller e Jason Momoa em cena de  Liga da Justiça   Foto: Divulgação
Ben Affleck, Gal Gadot, Ray Fisher, Ezra Miller e Jason Momoa em cena de Liga da Justiça Foto: Divulgação

A “Liga da Justiça” que estreia no Brasil nesta quarta-feira (15) finalmente atende às principais expectativas dos fãs da DC. A espera para ver os maiores heróis dos quadrinhos da editora unidos em sua equipe mais famosa se intensificou em 2013, ano do anúncio de seu Universo Estendido, mas a relação da empresa com os cinemas existe há muito mais tempo.

Tanto que “O Homem de Aço” pode ter iniciado essa nova fase há quatro anos, mas o herói já ganhava seu primeiro filme em 1951. “Superman and the mole-men” tinha apenas 58 minutos e serviu de piloto para a série estrelada por George Reeves, mas suas exibições nas telas grandes sacramentou a primeira empreitada cinematográfica da editora.

Após mais uma adaptação de uma de suas séries de TV, “Batman”, nos anos 1960, o alter ego de Clark Kent foi novamente responsável pelo pontapé inicial de um grande momento para os super-heróis nos cinemas.

Na Liga da Justiça, qual seu personagem favorito?

Na Liga da Justiça, qual seu personagem favorito? Na Liga da Justiça, qual seu personagem favorito?

O "Superman" (1978) dirigido por Richard Donner e estrelado por Christopher Reeve (sem parentesco com George) justificou seu título de filme mais caro feito até o momento (US$ 55 milhões) com a aprovação de público e da crítica.

O sucesso levou a três continuações – e motivou a realização de outros filmes com personagens menos conhecidos, como “O Monstro do Pântano” (1982) e “Supergirl” (1984). O primeiro até ganhou uma sequência, mas o próximo a brilhar de verdade seria o oposto do Homem de Aço.

O Morcego e a concorrência

A editora tentava recuperar o prestígio conseguido com a série do homem morcego desde o final dos anos 1970. Tim Burton saía de um sucesso com “As aventuras de Pee-wee” (1985) e foi contratado para comandar a versão do personagem nos cinemas.

O Superman de Christopher Reeve fez o público acreditar que 'um homem podia voar' (Foto: Divulgação) O Superman de Christopher Reeve fez o público acreditar que 'um homem podia voar' (Foto: Divulgação)

O Superman de Christopher Reeve fez o público acreditar que 'um homem podia voar' (Foto: Divulgação)

Michael Keaton era considerado baixo para o papel de Bruce Wayne, mas, após trabalhar com o diretor em “Os fantasmas se divertem” (1988), conseguiu o papel. Enquanto “Batman” (1989) e “Batman: O retorno” (1992) se tornaram dois hits nas mãos de Burton, a concorrência da DC sofria.

A Marvel seguia suas próprias tentativas de conseguir dinheiro nos cinemas, mas as toscas adaptações de “Howard, o super-herói” (1986), “O Justiceiro” (1989) e “Capitão América - O filme” (1990) eram tiros n’água. Uma produção gravada em 1994 do Quarteto Fantástico nem chegou a ser lançada.

No entanto, a má recepção aos dois Batmans de Joel Schumacher e uma versão completamente equivocada de “Steel - O homem de aço” (1997), estrelada pelo jogador de basquete Shaquille O'Neal, ajudaram a afastar o público. Para muito executivos, não era uma questão apenas de baixa qualidade. O público estava saturado de heróis.

Kim Basinger e Michael Keaton em cena de 'Batman' (Foto: Divulgação) Kim Basinger e Michael Keaton em cena de 'Batman' (Foto: Divulgação)

Kim Basinger e Michael Keaton em cena de 'Batman' (Foto: Divulgação)

Nova chance

Pouco tempo depois, o sucesso dos “X-men” (2000), da Fox, dava início a um novo ciclo de filmes de super-heróis, e todos tentavam correr atrás dos resultados. Sem proximidade com um estúdio, a Marvel licenciava seus personagens, como os mutantes.

Já a DC tinha a vantagem de pertencer ao mesmo grupo que a Warner Bros., que produzia todos os longas da editora desde 1989. Mesmo assim, as empresas pareciam sempre correr atrás das rivais.

Mais uma vez o homem morcego veio ao resgate. A trilogia dirigida por Christopher Nolan, iniciada em 2005 com “Batman Begins”, arrecadou mais de US$ 2,4 bilhões ao redor do mundo, e o Coringa de Heath Ledger recebeu o único Oscar de atuação dado a uma adaptação de heróis.

Heath Ledger em cena de 'Batman: O Cavaleiro das Trevas' (Foto: Divulgação) Heath Ledger em cena de 'Batman: O Cavaleiro das Trevas' (Foto: Divulgação)

Heath Ledger em cena de 'Batman: O Cavaleiro das Trevas' (Foto: Divulgação)

O resultado estrondoso dos três filmes do Cavaleiro das Trevas – e o fracasso retumbante de qualquer outra tentativa mais fantasiosa como “Mulher-Gato” (2004), “Superman: O retorno” (2006) e “Lanterna Verde” (2011) – gritava para os executivos que o público queria realismo.

Pelo menos para os personagens da editora. Porque nesse meio-tempo a Marvel fundou seu próprio estúdio, foi comprada pela Disney e passou a ganhar bilhões com seu Universo Cinematográfico.

Quando Zack Snyder foi anunciado como a cabeça por trás dos planos de uma série de filmes integrados da DC, pouco antes do lançamento de “O Homem de Aço”, em 2013, a concorrente já tinha sete produções (com diferentes níveis de sucesso) na conta. “Os Vingadores” (2012) sozinho arrecadou mais de US$ 1,5 bilhão.

Henry Cavill como Superman em 'Batman vs Superman: A origem da justiça' (Foto: Divulgação) Henry Cavill como Superman em 'Batman vs Superman: A origem da justiça' (Foto: Divulgação)

Henry Cavill como Superman em 'Batman vs Superman: A origem da justiça' (Foto: Divulgação)

O filme de Snyder conseguiu um resultado mediano na bilheteria, mas a Warner decidiu insistir com o cineasta. A mistura do seu bom olho para ação com o realismo e o clima sombrio de Nolan também esteve presente em “Batman vs Superman: A origem da justiça” (2016) e deve ser a base de “Liga da Justiça”.

Com mais quatro filmes já confirmados após o longa da equipe, resta saber se o futuro do Universo da DC continuará nas mãos de Snyder ou passará para Joss Whedon, diretor responsável por dois “Os Vingadores”, convocado para substituir o colega após uma tragédia familiar o afastar do final das refilmagens da produção.

Veja abaixo todos os filmes da DC nos cinemas, do melhor para o pior (e, se discorda da classificação, vote na enquete):

  1. "Batman: O Cavaleiro das Trevas" (2008)
  2. "Superman - A aventura continua" (1980)
  3. "Batman Begins" (2005)
  4. "Batman: O retorno" (1992)
  5. "Batman" (1989)
  6. "Watchmen: O filme" (2009)
  7. "Mulher-Maravilha" (2017)
  8. "Superman: O filme" (1978)
  9. "Constantine" (2005)
  10. "Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge" (2012)
  11. "Batman vs Superman: A Origem da Justiça" (2016)
  12. "O Homem de Aço" (2013)
  13. "O Montro do Pântano" (1982)
  14. "Superman: O retorno" (2006)
  15. "Lanterna Verde" (2011)
  16. "Esquadrão Suicida" (2016)
  17. "Batman & Robin" (1997)
  18. "Batman: Eternamente" (1995)
  19. "Jonah Hex - Caçador de Recompensas" (2010)
  20. "Superman IV: Em busca da paz" (1987)
  21. "Mulher-Gato" (2004)
  22. "A volta do Monstro do Pântano" (1989)
  23. "Batman" (1966)
  24. "Superman and the mole-men" (1951)
  25. "Steel: O homem de aço"
  26. "Superman III" (1983)

 

 

 

PUBLICIDADE
Ecologia Impressionante: Formigas criam pulgões como humanos domesticam gado
Celulares Novo Iphone deverá ter reconhecimento facial, lançamento previsto para 2018
Variedades Será possível descubrir o que revela sobre sua saúde e felicidade analisanado as linhas do pulso?
Turismo Castelo de Belvoir: um dos mais belos castelos da Inglaterra e o assento dos duques de Rutland
Celulares Vídeos Youtube poderão ser abertos dentro do Whatsapp
Ecologia Tenha rosas em casa durante o ano todo
Variedades Fotos curiosas que lhe farão pensar um pouco
Variedades A incrível história do Iate brasileiro "Mar Sem Fim"
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE