Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Prefeito e secretário de Governo de Carmo da Mata são alvo de investigação do MPMG por ‘Mensalinho’

A ação pede que ambos sejam condenados à perda do cargo, suspensão dos direitos políticos e paguem multa. Prefeitura emitiu nota ao G1 sobre o assunto.

 

O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), por meio da Promotoria de Defesa do Patrimônio Público de Carmo da Mata, instaurou ação de improbidade administrativa contra o prefeito Almir Júnior e o secretário municipal de governo, José Geraldo Rodrigues. Em nota ao G1, a Administração informou que vai se manifestar quando for intimada.

O MPMG requer na ação que o prefeito e o secretário municipal de governo sejam condenados à perda do cargo, à suspensão dos direitos políticos por cinco anos, à proibição de contratar com o Poder Público por três anos, e também ao pagamento de multa de até 100 vezes o valor das respectivas remunerações.

Segundo descrito na ação, foi descoberto um ‘Mensalinho’ pela Promotoria de Justiça, através de uma interceptação telefônica no processo referente à ‘Farra das notas Fiscais’. Durante as investigações deste, a Promotoria identificou a existência de um esquema que obrigava quase todos os ocupantes de cargos de confiança do município a contribuírem mensalmente para cobrir as dívidas da campanha eleitoral que elegeu o prefeito.

Valores pagos

A ação do MPMG destaca que a participação dos servidores municipais no esquema ocorria da seguinte forma: os secretários municipais ‘contribuíam’ mensalmente com R$ 200, já os secretários adjuntos pagavam R$ 100.

O esquema de arrecadação tinha cobradores por setores e os responsáveis pela cobrança recebiam em dinheiro e entregavam ao secretário de Governo que, de acordo com o Ministério Público, é quem coordenava o Mensalinho.

Prefeitura

Em nota enviada ao G1, a Prefeitura disse que com relação ao suposto manejo de contribuição feito pelos representantes do Executivo vai se pronunciar assim que for intimada. Disse, ainda, que se coloca à disposição do MPMG para sanar qualquer irregularidade que possa ter sido encontrada e que defende ideais de transparência e seriedade com a administração pública.

A Administração também informou que até que se obtenha confirmação de qualquer ato ilícito, acredita na honestidade de todas as ações feitas dos funcionários no trato da administração pública municipal.

 

 

 

Veja mais:

PUBLICIDADE
Variedades Algumas maneiras originais de usar o lenço de outono!
Comportamento Sem espaço em casa? veja essas ideias
Saúde e Bem Estar O que está acontecendo no nosso corpo se dormimos depois das 23 horas
Variedades Teorias: Meteorito acabará com o mundo em 23 de setembro
Ecologia Artista Sophie Gamand fotografa pit bulls com florais para mostrar seu lado suave e incentivar adoção
Comportamento Quer impressionar uma garota? aqui vão algumas dicas
Saúde e Bem Estar O efeito das bebidas energéticas no seu corpo
Ecologia Vídeo: Vespa se alimentando
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE