Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Anac define rodízio entre empresas aéreas que vão atuar no Aeroporto da Pampulha, em Belo Horizonte

Esquema de rodízio é coordenado pela Agência somente nos aeroportos de Congonhas e Pampulha. Horários de pousos e decolagens passam a atender seis companhias.

 
 -  Aeroporto da Pampulha, em Belo Horizonte  Foto: Reprodução/TV Globo
Aeroporto da Pampulha, em Belo Horizonte Foto: Reprodução/TV Globo

Após revogação da portaria que limitava a operação de voos no Aeroporto da Pampulha, em Belo Horizonte, a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) definiu, nesta segunda-feira (13), a distribuição de pousos e decolagens [slots] permitidos no local, para a temporada de verão de 2018 (25 de março até 27 de outubro).

A partir da alteração da portaria, ficou permitido ao terminal retomar os voos domésticos nacionais e de longa distância. Assim, segundo informou a Anac, cresceu o número de companhias interessadas em disponibilizar voos no terminal.

O esquema de rodízio é coordenado pela Agência somente nos aeroportos de Congonhas, em São Paulo, e Pampulha, na capital mineira. A distribuição de horários é estabelecida conforme oferta de assentos disponíveis por cada operadora.

De acordo com a Decisão nº 189, que estabelece os critérios de divisão, a participação das companhias aéreas durante a temporada por número de operações, será o seguinte:

  • 2Z - PASSAREDO - 17%
  • AD - AZUL - 20%
  • G3 - GOL- 20%
  • JJ - LATAM - 12%
  • O6 - AVIANCA- 22%
  • OWT - TWO FLEX - 9%

A Anac informou que o aeroporto tem capacidade para funcionar com 300 passageiros embarcando e 360 passageiros desembarcando por hora. No entanto, o órgão alerta que o aeroporto está em processo de certificação e os resultados de movimentação por hora podem ser alterados.

Ainda de acordo com a agência, as rotas mais demandadas, na ordem de número de operações, foram Brasília, Santos Dumont, Vitória, Congonhas e Goiânia. Estas rotas ainda podem ser alteradas pelas empresas.

Com a definição dos slots no aeroporto, as companhias precisarão solicitar a aprovação do voo e, depois, poderão começar a operar.

Conforme explicou a Anac, as empresas poderão antecipar os voos alocados para a temporada de verão, iniciando as operações conforme o interesse comercial de cada uma.

BH Airport move ação contra ampliação de voos na Pampulha

A BH Airport, concessionária do Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, localizado em Confins, entrou com uma ação civil no Superior Tribunal de Justiça (STJ) para revogar ato ministerial do governo que autoriza a retomada de voos domésticos nacionais e de longa distância no Aeroporto da Pampulha.

O mandado de segurança com pedido de liminar foi proposto no último dia 6 de novembro, e distribuído para o ministro Francisco Falcão, do STJ. De acordo com o tribunal, ele analisa e pode dar uma decisão a qualquer momento.

 

 

 

PUBLICIDADE
Variedades Será possível descubrir o que revela sobre sua saúde e felicidade analisanado as linhas do pulso?
Comportamento Tipos de homens que menos atraem as mulheres
Turismo Nazistas construíram edifícos maciços durante a guerra para proteger cidades de ataques aéreos
Variedades Você sabe quais são os lugares mais seguros no avião?
Educação Bolas gigantes encontradas na Bósnia divide opinião de cientistas
Comportamento Você sabia que o álcool pode ser segredo de um relacionamento duradouro?
Saúde e Bem Estar Você pode se livrar de micróbios em sua escova de dentes, e só precisa de um ingrediente
Turismo Castelo Yester, as ruínas de uma contrução histórica envolta em misticidade
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE