Mundo

Mundo

Fechar
PUBLICIDADE

Mundo

Metroviários do Distrito Federal mantêm greve e pedem resposta às reivindicações

 
Após trabalharem no último domingo (12) para atender à demanda dos estudantes que fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem),  os metroviários retomaram a greve na manhã desta segunda-feira (13). A decisão, de acordo com a categoria, ocorre após a classe não receber resposta do governo do Distrito Federal, relacionada à negociação. O Metrô está abrindo as estações somente no horário de pico, das 6h às 10h e das 16h30 até as 20h30.

Em um comunicado, o Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Transportes Metroviários do Distrito Federal (Sindimetro-DF) informou que fará uma assembleia extraordinária ainda hoje (13), às 20h, na Estação Praça do Relógio, Taguatinga, para deliberar sobre as ordens do dia seguinte, como os informes gerais, decisão para suspender ou continuar a greve, operação de emergência com base na Lei de Greve e a autorização para celebrar acordo ou termo aditivo.

Em nota, o Sindimetro-DF informa que os metroviários aguardam uma resposta do governo e lamentam a falta de proposta para nomeação dos aprovados no concurso de 2014, tendo em vista que o número acordado no concurso seria necessário para a melhoria da prestação de serviço no metrô e por isso a população está sofrendo com os atuais problemas.

Até a publicação da matéria, o GDF não havia se pronunciado.

* Estagiária sob a orientação do editor Davi Oliveira

 

 

 

PUBLICIDADE
Saúde e Bem Estar Os pesquisadores encontraram a melhor razão para se comer chocolate
Saúde e Bem Estar Alimentos que o ajudam a se desintoxicar depois de parar de fumar
Variedades Algumas maneiras originais de usar o lenço de outono!
Culinária Bolo de leite condensado (sem farinha)
Variedades Sete truques baratos que vão facilitar sua vida
Turismo Castelo de Belvoir: um dos mais belos castelos da Inglaterra e o assento dos duques de Rutland
Saúde e Bem Estar Esse método pode te ajudar a parar de fumar, alguns dizem se o mais eficaz
Política Os venezuelanos merecem Maduro como presidente?
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE