Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Eletricista morre após sofrer descarga elétrica e cair de 5 metros de altura em Goiânia

Segundo Corpo de Bombeiros, homem morreu no local; assessoria da galeria onde fato ocorreu diz que vítima prestava serviço para um lojista.

 
 -  Eletricista morreu enquanto fazia manutenção em loja, em Goiânia  Foto: TV Anhanguera/Reprodução
Eletricista morreu enquanto fazia manutenção em loja, em Goiânia Foto: TV Anhanguera/Reprodução

O eletricista Erivan Pereira da Silva, de 43 anos, morreu após sofrer uma descarga elétrica enquanto trabalhava em uma galeria, no sábado (11), no Centro de Goiânia. De acordo com o Corpo de Bombeiros, o homem caiu de uma altura de cinco metros de altura. A corporação foi acionada para fazer o resgate, mas o homem morreu ainda no local.

O caso ocorreu na tarde de sábado, na Galeria Prime Modas, na Rua 44, em Goiânia. Em nota, a assessoria do centro comercial informou que o eletricista estava prestando serviço para um lojista e destacou que ainda não há comprovação de que ele sofreu uma descarga elétrica.

"Ainda não há laudo conclusivo sobre o que motivou a morte de Erivan, que prestava serviço à Meizzi Moda Feminina. Uma das hipóteses levantadas pelo Instituto Médico Legal é a de ataque cardíaco fulminante. A perícia tem dúvidas em relação ao prognóstico de descarga elétrica, informação preliminar repassada ao Corpo de Bombeiros quando o resgate foi acionado, porque não há sinais físicos de choque e a energia não atingiu pessoas que o auxiliavam na reforma do local. O laudo conclusivo será divulgado na próxima semana, segundo previsão do próprio IML".

Ainda no texto, a galeria destacou que "independente da causa da morte, a Prime Modas ofereceu de imediato pleno amparo à família, assim como disponibilizou assistência psicológica, jurídica e funerária. A empresa também concedeu suporte à Meizzi Moda Feminina, que contratou Erivan, e se colocou à disposição das autoridades policiais para auxiliar nas investigações".

Por fim, a Prime Modas lamentou "profundamente a perda de Erivan. Todos os funcionários e empresários que formam a família Prime estão consternados e inenarravelmente tristes com o que ocorreu. Em luto por três dias, a Prime não funcionará até a próxima terça-feira-feira (14)".

Quer saber mais notícias de todo o estado? Acesse o G1 Goiás.

 

 

 

Veja mais:

PUBLICIDADE
Comportamento Veja como os padrões masculinos mudaram ao longo dos últimos 100 anos
Turismo Incríveis lugares abandonados
Turismo Cidades populares que podem ser perigosas para os turistas
Saúde e Bem Estar Como tratar a pele seca no frio
Comportamento 8 segredos da linguagem corporal que usam todas as pessoas bem sucedidas. A 6ª é essencial.
Saúde e Bem Estar Saiba como deixar seu banheiro higienizado e o espelho sem manchas ou embaçado
Variedades Conheça 5 novos usos para Vodka, além de bebida
Saúde e Bem Estar Receita simples alivia dores nas articulações
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE