Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Diversidade africana é retratada em exposição feita em Araguari

Mostra conta com fotos e objetos que retratam a cultura afrodescendente. Evento é em comemoração ao Dia Nacional da Consciência Negra.

 
 -  Congado é uma das manifestações afrodescendentes na cidade  Foto:  Eduardo Ramos/Arquivo pessoal
Congado é uma das manifestações afrodescendentes na cidade Foto: Eduardo Ramos/Arquivo pessoal

Começou nesta segunda-feira (13), em Araguari, a exposição “Africanidade – consciência, cultura e movimento”. O evento em comemoração ao Dia Nacional da Consciência Negra, celebrado em 20 de novembro, tem um foco histórico e cultural, mostrando um pouco da riqueza e diversidade africana, principalmente no Brasil.

A exposição vai até o dia 24 de novembro no espaço Museu do Arquivo Histórico e Museu Doutor Calil Porto e a visitação é das 9h às 17h, de segunda a sexta-feira. A mostra conta com fotos e objetos que retratam a religiosidade, a escravidão, a dança e a cultura em geral.

Segundo a Fundação Araguarina de Educação e Cultura de Araguari (Faec), na cidade uma das maiores manifestações culturais afrodescendentes é a religião, por meio do Congado. Tem também o merecido destaque à capoeira, como cultura popular, dança, esporte, luta, música e brincadeiras”, ressaltou o Presidente da Faec, Jean Laverdi.

 

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE