Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

'''Santa Tereza é um bairro típico de BH''', diz Flávio Venturini, padrinho do espaço que concorre a símbolo da cidade

O cantor e compositor fala com carinho do bairro que ainda mantém aquele clima de cidade do interior. Dez lugares participam da campanha Viva BH - 120 anos.

 
 -  O músico Flávio Venturini é o padrinho do bairro de Santa Tereza.  Foto: Reprodução/TV Globo
O músico Flávio Venturini é o padrinho do bairro de Santa Tereza. Foto: Reprodução/TV Globo

O bairro de Santa Tereza, na Região Leste de Belo Horizonte, é um dos mais charmosos da cidade. Ele concorre a símbolo da cidade que completa 120 anos.

Casa dos primeiros imigrantes da capital, lugar de boemia e de música boa, Santa Tereza ainda mantém aquele clima de cidade do interior, com cantinhos que só os moradores e os frequentadores antigos conhecem.

(A Globo Minas exibe, até dezembro, uma série de reportagens especiais sobre cada um dos dez lugares que participam da votação para escolher “a cara de bh”. PARTICIPE DA VOTAÇÃO)

O músico Flávio Venturini é o padrinho do bairro de Santa Tereza. (Foto: Reprodução/TV Globo) O músico Flávio Venturini é o padrinho do bairro de Santa Tereza. (Foto: Reprodução/TV Globo)

O músico Flávio Venturini é o padrinho do bairro de Santa Tereza. (Foto: Reprodução/TV Globo)

“Santa Tereza é um bairro típico de Belo Horizonte. Sempre tem aquela casa com um jardinzinho na frente, um quintal, com umas flores que cheiram à noite”, disse o cantor e compositor Flávio Venturini, padrinho do espaço na campanha que vai eleger a “cara de BH”.

“É um bairro preservado. Você vê a pracinha, os bares, as casas, um bairro que você sente a Belo Horizonte do passado. Parece que o tempo não passou aqui”, falou Venturini.

O passado está sempre muito presente em Santa Tereza. “O que a gente pode dizer, inclusive sobre esse pedaço, é que pouca coisa mudou”, disse o jornalista Luis Góes, morador do bairro há 70 anos.

 

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE