Mundo

Mundo

Fechar
PUBLICIDADE

Mundo

Sono, trânsito e falta de documentos deixam candidatos fora do Enem em MS

Portão fechou ao meio-dia em universidade de Campo Grande. Candidatos disseram que vão tentar no próximo ano e não desistir do sonho.

 
 -  Jovem diz que irá cursar estética, mesmo perdendo a prova  Foto: Graziela Rezende/G1 MS
Jovem diz que irá cursar estética, mesmo perdendo a prova Foto: Graziela Rezende/G1 MS

A corrida foi rápida, mas, não o suficiente para encontrar o portão aberto, em uma universidade de Campo Grande, localizada na avenida Ceará. Neste domingo (12), os 'atrasados' disseram que o principais motivos de perderem o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) foram o sono, trânsito e a falta de documentos.

"Eu estava com sono e dormi demais. Quando acordei, ainda teve o trânsito e a pressa. Só que a minha preocupação não é tanta porque já estou cursando teologia. Ano que vem, tento de novo", afirmou ao G1 o estudante Jean Carlos, de 26 anos.

Estudante disse que dormiu demais e perdeu horário da prova (Foto: Graziela Rezende/G1 MS) Estudante disse que dormiu demais e perdeu horário da prova (Foto: Graziela Rezende/G1 MS)

Estudante disse que dormiu demais e perdeu horário da prova (Foto: Graziela Rezende/G1 MS)

O auxiliar de serviços gerais, Igor de Souza Oliveira, de 22 anos, comentou que pretende retomar a faculdade de engenharia civil. "Eu vim das Moreninhas, que é um bairro muito distante. Algum tempo antes, estava procurando Uber com opções mais baratas e, quando percebi, ficou em cima da hora. Só que não vou desistir e agora vou ver as opções que tenho", comentou.

Jovem fala que sonha em retomar faculdade de engenharia (Foto: Graziela Rezende/G1 MS) Jovem fala que sonha em retomar faculdade de engenharia (Foto: Graziela Rezende/G1 MS)

Jovem fala que sonha em retomar faculdade de engenharia (Foto: Graziela Rezende/G1 MS)

Já o estudante Lucas de Souza Zanellata, de 19 anos, disse estar indignado com a organização do exame. "Eu cheguei às 11 horas, com bastante antecedência. Ao chegar na sala, percebi que tinha esquecido o meu documento e pedi para o meu pai trazer. Até falei pra ele vir com calma, pois me deram até 12h30. Só que lá embaixo me tiraram do local de prova e não me deixaram retornar", explicou.

Conforme Zanellata, o seu ritmo de estudos foi intenso este ano. "Eu consegui uma apostila e, durante o meu horário de almoço, ficava estudante. Após o trabalho ia para escola e, após as aulas, mais duas horas de estudo. Tudo isso para nada, estou com raiva, indignado", argumentou.

Jovem esqueceu documento no segundo dia de prova (Foto: Graziela Rezende/G1 MS) Jovem esqueceu documento no segundo dia de prova (Foto: Graziela Rezende/G1 MS)

Jovem esqueceu documento no segundo dia de prova (Foto: Graziela Rezende/G1 MS)

A vendedora Beatriz Vieira, de 20 anos, também esqueceu o documento. "Eu ainda tinha tempo, a mesma situação do outro candidato. Só que a pessoa não iria conseguir me trazer nesse tempo mesmo. Eu quero fazer estética e isso não vai me impedir, vou fazer do mesmo jeito. Eu perdi a prova, mas, estou famosa", brincou a jovem.

Pontuação insuficiente
Dos 6.731.344 inscritos no Enem, 2.033.590, o equivalente a 30,2%, faltaram no primeiro dia. Estes até podem participaram da prova deste domingo, se cumprirem os requisitos, mas não terão pontuação suficiente para participar de programas do governo federal ou disputar vagas na universidade.

Mato Grosso do Sul tem, segundo dados do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), 92.300 candidatos inscritos para o Enem. O úmero representa 1,3% do total do país.

No estado, 30,9% dos participantes são pagantes; 48,8% foram isentos do pagamento da taxa de inscrição em função da Lei ou do Decreto; e 20,3% obtiveram a gratuidade automática por estarem concluindo o Ensino Médio na rede publica em 2017. Em relação à situação de ensino; 64,4% já concluiu o Ensino Médio; 23,7% é concluinte este ano; e 9,7% concluirá após 2017 (treineiros). Do total de participantes do Mato Grosso do Sul, 57,8% são mulheres e 42,2% são homens.

 

 

 

Veja mais:

PUBLICIDADE
Variedades Já viu como funciona uma fechadura por dentro?
Turismo Os lugares mais incríveis mas que você não tem permissão para visitar
Música Ariana Grande x Christina Aguilera. Quem imita melhor?
Variedades Um teste que os adultos não conseguem resolver, uma criança encontra a resposta em poucos segundos
Saúde e Bem Estar Tatuagens podem causar doenças, saiba os riscos antes de fazê-las
Saúde e Bem Estar Como você mantém bananas frescas por mais tempo? A solução está bem na sua cozinha
Turismo Castelo de Belvoir: um dos mais belos castelos da Inglaterra e o assento dos duques de Rutland
Comportamento 7 sinais de que você está em um relacionamento tóxico
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE