Variedades

Variedades

Fechar
PUBLICIDADE

Variedades

'''Thor: Ragnarok''' fatura US$ 56 milhões nos EUA em seu 2º fim de semana

Produção da Disney-Marvel perdeu 54% de receita em relação à estreia. Mesmo assim, já é o 9º maior sucesso de 2017 na América do Norte.

 
 -  Mel Gibson, Mark Wahlberg, John Lithgow e Will Ferrell em  Pai em dose dupla 2   Foto: Divulgação
Mel Gibson, Mark Wahlberg, John Lithgow e Will Ferrell em Pai em dose dupla 2 Foto: Divulgação

“Thor: Ragnarok”, da Disney-Marvel, está dominando as bilheterias norte-americanas, com US$ 56,6 milhões arrecadados em 4.080 salas de exibição em seu segundo final de semana.

O filme, estrelado por Chris Hemsworth e dirigido por Taika Waititi, perdeu 54% de receita em relação aos US$ 122,7 milhões obtidos no fim de semana de estreia. Mesmo assim, já é o nono maior sucesso de 2017, com US$ 211,6 milhões nos primeiros 10 dias.

A performance internacional também é um sucesso, com US$ 438 milhões - superando US$ 650 milhões no mundo todo. No Brasil, o filme é lider de bilheteria há três semanas.

"Thor" reverteu uma queda nas bilheterias que persistiu em outubro e fez com que a receita de 2017 caísse 5% ante o ano passado, a US$ 9,14 bilhões.

Com a estreia de “Liga da Justiça”, da Warner Bros., no fim de semana que vem, “Coco", da Disney-Pixar em 22 de novembro, e "Star Wars: Os últimos Jedi" em 15 de dezembro, a indústria pode encerrar o ano em tom positivo.

Mel Gibson, Mark Wahlberg, John Lithgow e Will Ferrell em 'Pai em dose dupla 2' (Foto: Divulgação) Mel Gibson, Mark Wahlberg, John Lithgow e Will Ferrell em 'Pai em dose dupla 2' (Foto: Divulgação)

Mel Gibson, Mark Wahlberg, John Lithgow e Will Ferrell em 'Pai em dose dupla 2' (Foto: Divulgação)

'Pai em dose dupla 2'

“Pai em dose dupla 2” teve performance no topo das mais recentes estimativas e está encerrando com cerca de 23% menos que os US$ 38,7 milhões obtidos na estreia original em 2015.

Mark Wahlberg e Will Ferrell estão reprisando seus papeis como pais que estão criando em conjunto os filhos do personagem de Wahlberg e têm dificuldades em lidar com seus pais, vividos por Mel Gibson e John Lithgow, que chegam para as festas de fim de ano. O filme teve um orçamento de US$ 70 milhões.

“O assassinato no Expresso do Oriente” também teve um lançamento acima das expectativas. Kenneth Branagh interpreta o detetive Hercule Poirot, na mais recente adaptação da história escrita por Agatha Christie, sobre um assassinato misterioso em um trem de luxo nos anos 1930.

O elenco é estrelado por Johnny Depp, Josh Gad, Michelle Pfeiffer, Penelope Cruz, Willem Dafoe, Leslie Odom Jr, de Hamilton, e Daisy Ridley, de “Star Wars: O despertar da Força”.

 

 

 

Veja mais:

PUBLICIDADE
Ciência Descobertas históricas que ainda permanecem pouco explicadas
Saúde e Bem Estar As mulheres amam sapatos, mas que cuidados devemos ter ao escolhê-los?
Variedades O que realmente aconteceu com as vítimas do Titanic?
Variedades Algumas maneiras originais de usar o lenço de outono!
Ecologia Cuidado ao deixar seu animal sozinho, ele poder ter ideias nada divertidas
Turismo Os lugares mais incríveis mas que você não tem permissão para visitar
Ciência Esqueleto de predador gigante dos mares é descoberto intacto
Saúde e Bem Estar Alimentos que o ajudam a se desintoxicar depois de parar de fumar
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE