Economia

Economia

Fechar
PUBLICIDADE

Economia

Mercado eleva para 3,09% projeção da inflação este ano

 
 - Marcello Casal Jr/Agência Brasil
Marcello Casal Jr/Agência Brasil
economia ilustração
Marcello Casal Jr/Agência Brasil

O mercado financeiro aumentou levemente a projeção para a inflação este ano. A estimativa para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) passou de 3,08% na semana passada para 3,09%. Há quatro semanas, a expectativa estava em 3%. A projeção consta do boletim Focus, publicação divulgada hoje (13) no site do Banco Central (BC) com projeções para os principais indicadores econômicos.

Para 2018, a estimativa para o IPCA, que era 4,02%, subiu para 4,04%. As projeções para 2017 e 2018 permanecem abaixo do centro da meta de 4,50%, que deve ser perseguida pelo BC. Essa meta tem ainda um intervalo de tolerância entre 3% e 6%.

Para alcançar a meta, o BC usa como principal instrumento a taxa básica de juros, a Selic, atualmente em 7,5% ao ano. A expectativa do mercado financeiro para a Selic ao final de 2017 e de 2018 segue em 7% ao ano. A última reunião do ano do Comitê de Política Monetária (Copom), responsável por estabelecer a meta para a taxa Selic, está agendada para os dias 5 e 6 de dezembro.

A projeção para o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB), a soma de todos os bens e serviços produzidos no país, foi mantida em 0,73% este ano. Para 2018, a estimativa de expansão se manteve em 2,50%.

 

 

 

PUBLICIDADE
Saúde e Bem Estar Você pode se livrar de micróbios em sua escova de dentes, e só precisa de um ingrediente
Variedades Nostalgia: Relembre antigos produtos e marcas
Música Nevermind, as curiosidades deste disco histórico do Nirvana
Ciência Experimento de Sala de Aula: Colocar ovo na garrafa
Variedades Porque os pilotos diminuem as luzes antes da decolagem?
Variedades Como combinar sua bolsa com seus sapatos. Aprenda algumas regras de estilo!
Variedades Algumas maneiras originais de usar o lenço de outono!
Autos e Motos Miniatura de um Volkswagen Karmann Ghia
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE