Mundo

Mundo

Fechar
PUBLICIDADE

Mundo

Garoto do CE que nasceu sem as mãos recebe prótese 3D inspirada no Incrível Hulk

A prótese é de material plástico e feita em uma impressora.

 
 -  O próprio Ian Lucas escolheu o modelo das próteses. Segundo ele mãos de superheróis.  Foto: Reprodução/TV Verdes Mares
O próprio Ian Lucas escolheu o modelo das próteses. Segundo ele mãos de superheróis. Foto: Reprodução/TV Verdes Mares

Ian Lucas, de 11 anos, nasceu sem parte dos braços e as mãos. Nesta sexta-feira (13), ele chegou à uma clínica em Fortaleza, acompanhado da mãe, para realizar um sonho: ganhar uma prótese. “Estou muito feliz”, disse. Para escolher o modelo da prótese, verde, o menino se inspirou em um de seus super-heróis favoritos, o Incrível Hulk.

De acordo com o analista de sistemas e empresário, Elísio Frota, o projeto de criar próteses nasceu com objetivo de ajudar crianças com problemas motores. O empresário recebeu o convite da Cruz Vermelha para desenvolver o projeto. Após o convite, ele se filiou a uma Organização Não Governamental e trocou ideias com outras entidades e empresas que já trabalharam com próteses parecidas. Essa é a segunda prótese que produziu. A primeira foi doada para uma outra criança.

“Eu montei uma empresa do ramo e pediram para eu desenhar um projeto, no caso, as mãos em impressora 3D. Estudei o projeto e me filiei em ONGs não governamentais e sem fins lucrativos e troquei ideias com outras entidades para evoluir e deu certo”, explicou.

A entrega foi feita pela Cruz Vermelha e faz parte de um projeto que apadrinha crianças com alguma deficiência. "O projeto iniciou com esse objetivo. Ajudar crianças que não tem condições de conseguir uma prótese. Então fizemos um estudo de caso nos Estados Unidos e Europa e observamos que já existiam projetos do tipo lá. Ai tivemos a ideia de conseguir uma empresa ou empresários para apadrinhar a ideia. Assim surgiu o Projeto Mão do Futuro", afirmou o presidente da Cruz Vermelha, Julio Cals.

Ainda segundo Júlio Cals, o objetivo da Cruz Vermelha, é de entregar uma prótese para uma criança todo mês. Para a família que deseje participar do programa basta se dirigir a sede da Cruz Vermelha no Ceará localizada na Rua José Lourenço, 3.280, Bairro Aldeota e realizar um cadastro. Cada caso será avaliado.

Sessões de fisioterapia

Agora, o Ian vai passar por três sessões de fisioterapia por semana e também vai treinar bastante com a prótese nova em casa. A ideia é desenvolver cada vez mais a autonomia para as atividades do dia a dia e para praticar uma atividade que ele adora: desenhar.

Ian também vai ganhar uma prótese para o outro braço em breve e deve ser acompanhado em um tratamento médico dentro do projeto Mãos do Futuro, da Cruz Vermelha.

“Nós vamos começar um programa para que ele possa ter essa adaptação aos poucos. Adaptação como escrita, atividades lúdicas dentre outras. Objetivo é que ele possa exercer o trabalho normal como qualquer outra criança”, disse o fisioterapeuta Hudson Bastos.

 

 

 

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Saúde e Bem Estar Seis sinais de desequilíbrio hormonal que você não deve ignorar
Saúde e Bem Estar No inverno a pele também merece cuidados
Variedades Algumas maneiras originais de usar o lenço de outono!
Saúde e Bem Estar Alho: cure dores de dente, ouvido ou de cabeça com esse alimento
Ecologia Vídeo: Vespa se alimentando
Comportamento Quer impressionar uma garota? aqui vão algumas dicas
Variedades Magnum 44
Artes Algumas criações de bons artistas