Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

MT: Greve no Detran está longe do fim

 
A greve dos servidores do Departamento de Estado de Trânsito (Detran) entra, hoje (12), no 31º dia, sem previsão de término. A categoria cruzou os braços no dia 11 de setembro passado para cobrar reajuste da tabela salarial, que afirmam estar defasada há seis anos. O governo do Estado alega dificuldade econômica para atender à reivindicação e entrou na Justiça com ação declaratória de ilegalidade do movimento.

Porém, a desembargadora do Tribunal de Justiça (TJ/MT), Maria Erotides Kneip, não acatou o pedido de liminar do governo e deu 10 dias para o Sindicato dos Servidores do Detran (Sinetran) se manifestar. Enquanto isso, o impasse continua e mais de 10 mil processos se acumulam nas mesas dos despachantes, sendo o processo para confecção de Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e renovação, um dos serviços mais afetados.

Segundo a presidente do Sinetran, Daiane Renner, o Estado havia chamado representantes da categoria para uma reunião na tarde da última terça-feira (11), mas após cerca de três esperando, o secretário da Casa Civil, Max Russi, não os recebeu. “Não houve nenhum atendimento. Na realidade, o governo não está aberto às negociações e se ausentou, inclusive, das audiências de conciliação no Núcleo de Mediação do Tribunal de Justiça”, disse.

Renner afirma que a categoria espera bom senso e que o governo reabra as negociações. Enquanto isso, a paralisação segue por tempo indeterminado. “Está sendo cumprido o que determina a lei (mantido 30% dos serviços), mas a adesão dos servidores é muito forte”, afiançou.

A categoria entende que o governo tem condições de atender a reivindicação. “O Detran tem condições de fazer uma política salarial justa aos seus servidores, tem condições de fazer investimento e melhorar o atendimento à população e de investir na segurança do trânsito, que é a sua função social”, avalia.

Segundo Renner, a categoria não está reivindicando nada que já não seja praticado nas demais carreiras do Estado. Em Mato Grosso, o Detran possui cerca de 930 servidores distribuídos em 71 unidades. Desde o início do movimento, o ponto dos grevistas vem sendo cortado pelo Estado.

 

 

 

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Mangás e Animes Alguns dos momentos mais hilários dos Simpsons
Ecologia Conheça as incríveis formigas Pote-de-Mel
Ecologia Flor de jabuticaba
Celulares Novo Iphone deverá ter reconhecimento facial, lançamento previsto para 2018
Artes Algumas criações de bons artistas
Turismo Castelo Yester, as ruínas de uma contrução histórica envolta em misticidade
Ecologia Formiga-Leão: Que monstro é esse?
Variedades 15 fotoflagrantes incríveis