Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Homem que ficou quatro dias em fosso de elevador após queda ainda não foi procurado pela família

 
 -
José Antônio Cavalcanti, de 62 anos, que foi resgatado após ficar quatro dias preso no fosso do elevador de um prédio inacabado em Rio Quente, ainda não foi procurado pela família.

De acordo com o Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo), o Serviço Social da unidade não localizou os familiares e inicia acompanhamento social com o paciente, que está internado desde a última quarta-feira (11), quando foi resgatado.

Ainda de acordo com o Hugo, Cavalcanti passou por cirurgia na manhã desta quinta-feira (12) para correção de fratura no tornozelo esquerdo. Seu estado de saude é regular. "No momento, encontra-se orientado, consciente e internado em uma enfermaria", afirma a unidade, em nota. 

Acidente

Cavalcanti foi resgatado por volta das 17h30 de quarta-feira (11), após ficar quatro dias preso no fosso do elevador. Um vizinho ouviu os gritos e chamou o socorro. De acordo com o Corpo de Bombeiros, ele caiu de uma altura aproximadamente 7 metros.

A corporação informou que ele foi encontrado debilitado, com uma fratura exposta na perna, mas consciente. "Ele ficou esse período sem comer ou beber água. Além da fratura na perna, há a suspeita de que também tenha quebrado a bacia", informou o tenente Hely Márcio de Macedo Fagundes.

 

 

 

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Celulares Recursos legais do botão central nos fones de ouvido do iPhone
Saúde e Bem Estar Diga adeus aos cabelos brancos! Você só precisa de 5 minutos e ingredientes naturais!
Variedades Dezoito esculturas na areia que são verdadeiras obras de arte
Música Ariana Grande x Christina Aguilera. Quem imita melhor?
Variedades Magnum 44
Comportamento Estudo diz que casamento alivia o estresse
Saúde e Bem Estar No inverno a pele também merece cuidados
Humor 14 Construções muito estranhas