Mundo

Mundo

Fechar
PUBLICIDADE

Mundo

Depois de ataque epilético, homem tenta agredir mãe com facão e é preso em flagrante em RO

Mulher de 52 anos disse à PM que correu de casa para rua fugindo do filho. Tentativa de agressão aconteceu depois que a mãe deu remédio ao suspeito.

 

Depois de sofrer um ataque epilético, um homem de 29 anos tentou agredir a própria mãe com um facão e foi preso em flagrante por violência doméstica, neste sábado (16), em Porto Velho. A mulher de 52 anos disse à Polícia Militar que só não foi ferida porque correu de dentro de casa para a rua. O caso foi registrado na Central de Polícia.

O caso, registrado como ameaça, com agravante de violência doméstica, aconteceu em uma residência localizada na Avenida Imigrantes, no bairro Aponiã. A vítima disse à PM que o filho sofre de epilepsia e que no início da tarde deste sábado teve um surto e caiu no chão. Ela contou ainda que correu até uma farmácia e comprou remédio para o filho.

Quando o homem melhorou, percebeu que estava com ferimentos nos lábios e no rosto e pegou um facão para investir contra a mãe, fazendo-a correr para a rua. A PM foi acionada e prendeu o suspeito em flagrante. O facão usado na tentativa de agressão também foi apreendido.

  • Porto Velho
  • Rondônia

 

 

 

 -  Suspeito foi encaminhado preso à Central de Polícia neste sábado, 16, após tentar agredir a mãe  Foto: Jheniffer Núbia/G1
Suspeito foi encaminhado preso à Central de Polícia neste sábado, 16, após tentar agredir a mãe Foto: Jheniffer Núbia/G1
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Ciência Experimento de Sala de Aula: Colocar ovo na garrafa
Celulares Smartphone Red Hydrogen integrará holografia e estereoscopia
Variedades A incrível história do Iate brasileiro "Mar Sem Fim"
Variedades Já viu como funciona uma fechadura por dentro?
Música Ariana Grande x Christina Aguilera. Quem imita melhor?
Turismo Castelo Yester, as ruínas de uma contrução histórica envolta em misticidade
Comportamento Quer impressionar uma garota? aqui vão algumas dicas
Ecologia Será que só os humanos perderam o sentido de amor?