Mundo

Mundo

Fechar
PUBLICIDADE

Mundo

Obra de arte apreendida é retirada de delegacia pelo secretário de Cultura de MS

Secretaria informa que Athayde Nery será fiel depositário da tela. Polícia apreendeu quadro em museu após deputados registrarem boletim de ocorrência, alegando apologia à pedofilia.

 
 -  Quadro Pedofilia, exposto em museu de Campo Grande, gerou polêmica  Foto: Reprodução/TV Morena
Quadro Pedofilia, exposto em museu de Campo Grande, gerou polêmica Foto: Reprodução/TV Morena

A obra de arte apreendida pela Polícia Civil sob argumento de que faz apologia à pedofilia foi retirada da delegacia pelo secretário de Cultura e Cidadania de Mato Grosso do Sul, Athayde Nery, no fim da tarde desta sexta-feira (15).

Em nota, a Secretaria Estadual de Cultura e Cidadania (SEEC) informou que o delegado Fábio Sampaio, responsável pela condução da ocorrência, entendeu que o secretário deverá ser fiel depositário da obra.

A condição de fiel depositário impõe a Athayde Nery o dever de guardar a obra e impedir a sua exposição, não podendo ser devolvida à autora, salvo decisão judicial, de acordo com a nota.

A SEEC também divulgou uma nota de esclarecimento sobre o caso. (veja a íntegra da nota no fim desta reportagem)

Artistas protestam contra apreensão de obra de arte exposta em museu de Campo Grande

Artistas protestam contra apreensão de obra de arte exposta em museu de Campo Grande

Polêmica

A obra “Pedofilia” integrava a exposição “Cadafalso” no Museu de Arte Contemporânea (Marco), em Campo Grande.

Na quinta-feira (14), a mostra foi tema de debate na Assembleia Legislativa e deputados registraram boletim de ocorrência contra a artista plástica Alessandra Cunha, de Minas Gerais. Eles alegaram que as obras possuem conteúdo erótico e fazem apologia à pedofilia. Além da retirada das obras, eles pediram a inclusão da artista no cadastro estadual de pedófilos.

No mesmo dia, a tela foi lacrada e apreendida pela polícia. Para o delegado da Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca), Fábio Sampaio, o quadro faz apologia ao estupro de vulnerável. “existiu sim o crime de apologia”.

Nesta sexta-feira (15), um grupo de artistas protestou na região central de Campo Grande contra a apreensão da obra e contra censura. Reunidos na praça Ary Coelho, os manifestantes utilizaram máscaras simulando mordaças e ficaram com as mãos presas por uma fita. Alguns dos integrantes estavam com chicote como sendo ditadores e coronéis contra arte.

Contrariando o que o delegado declarou ao apreender o quadro, o Ministério Público de Mato Grosso do Sul (MP-MS) se manifestou e afirmou não considerar a obra uma apologia à pedofilia.

Depois da polêmica, a classificação etária da exposição, que termina no domingo (17), passou de 12 para 18 anos. Alessandra Cunha mora em Uberlândia (MG) e disse que, se quiserem incluí-la no cadastro de pedófilos, vão ter que provar.

Veja abaixo a íntegra da nota de esclarecimento da SEEC sobre o caso:

“Campo Grande (MS) – O Secretário de Estado de Cultura e Cidadania, Athayde Nery, vem à público esclarecer os fatos acerca da exposição da obra “Cadafalso” da artista Alessandra Cunha no Museu de Arte Contemporânea de Mato Grosso do Sul (MARCO-MS). Ele se fundamenta nos seguintes diretrizes:

1- Toda e qualquer obra que vai ser exposta no Museu de Arte Contemporânea é submetida a um edital e passa pelo crivo de curadores devidamente escolhidos e especializados na área de artes visuais. Estes curadores analisam a obra e o artista.

2- Todos os cuidados foram tomados no sentido de haver monitoramento e acompanhamento de professores para a visitação do público a esta obra hoje exposta no MARCO.

3- O MARCO é um espaço de reflexão e diálogo das mais diversas manifestações.

A Secretaria de Estado de Cultura e Cidadania sempre dará total apoio à liberdade de expressão.”

  • Campo Grande
  • Mato Grosso do Sul

 

 

 

PUBLICIDADE
Variedades Teste de atenção, encontre a letra A
Ecologia Flor de jabuticaba
Saúde e Bem Estar Como tratar a pele seca no frio
Variedades Porque os pilotos diminuem as luzes antes da decolagem?
Turismo Vila construída embaixo de uma rocha
Celulares Novo Iphone deverá ter reconhecimento facial, lançamento previsto para 2018
Ciência Sua fala pode demonstrar o quanto é inteligente
Comportamento O teste de PSICOLOGIA mais famoso: diga o que vê na foto e saiba um pouco mais sobre você
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE