Mundo

Mundo

Fechar
PUBLICIDADE

Mundo

Usando bicicleta, jovens roubam 9 centrais de ar de escola em Porto Velho

Suspeitos foram flagrados pelas câmeras de videomonitoramento da escola. Segundo professores, a instituição já foi alvo dos ladrões 20 vezes.

 
 -  Um dos equipamentos, que pesa mais de 50 quilos, foi transportado na garupa da bicicleta  Foto: Polícia/Divulgação
Um dos equipamentos, que pesa mais de 50 quilos, foi transportado na garupa da bicicleta Foto: Polícia/Divulgação

Utilizando uma bicicleta, durante toda a madrugada desta sexta-feira (15), dois jovens roubaram nove centrais de ar da Escola Estadual Maria Carmosina, na Zona Leste de Porto Velho. A ação dos criminosos foi registrada pelas câmeras de videomonitoramento da instituição de ensino, mas nenhum dos suspeitos foi preso.

As imagens gravadas pelas câmeras de segurança mostram os suspeitos andando pelo pátio da escola e carregando as centrais de ar. Um dos equipamentos, que pesa mais de 50 quilos, foi transportado na garupa da bicicleta.

Segundo a direção do colégio, o roubo durou quase toda a madrugada. A ação dos criminosos foi intensificada na escola há cerca de dois anos, depois que a Secretaria Estadual de Educação (Seduc) dispensou o vigia que fazia a segurança do local.

Câmeras de segurança filmaram ação dos jovens que levaram as centrais de ar

Câmeras de segurança filmaram ação dos jovens que levaram as centrais de ar

Além de ignorar as câmeras, os jovens andaram livremente pela rua, carregando as centrais de ar. Foram nove viagens sem que os ladrões fossem notados por moradores ou pela Polícia Militar (PM).

Segundo a PM, a região é bastante vigiada. O capitão PM Renato Suffi diz que os ladrões tiveram sorte em não se encontrarem com um policial, ainda assim, ele reforça que a população pode ajudar dando informações sobre os equipamentos ou sobre os ladrões.

Segundo a professora Andreia Ferreira, que leciona na escola, é a 21ª vez que a instituição é atacada pelos criminosos. A dispensa, onde são guardados os alimentos da merenda escolar, foi invadida 20 vezes. Hoje o local é mantido com janelas gradeadas, reforçadas por uma parede de tijolo. Na porta foi colocado um cadeado grande, mas ainda asism, o local foi invadido pelo teto.

As aulas, já estavam parcialmente suspensas desde o último dia 10, e foram completamente paralisadas por causa do destelhamento de algumas salas de aula durante um temporal.

"Sem ar, devido o forte calor que faz na região, as aulas tiveram que ser suspensas", salientou a professora Andreia Ferreira.

O secretário adjunto de educação, Márcio Félix, diz que o Estado cancelou o contrato com a empresa que mantinha a vigilância nas escolas porque o custo estava sendo muito alto. Ele disse ainda que no lugar do vigia foi instalado o monitoramento eletrônico nas escolas e que está sendo feito trabalho junto com a Sesdec (Secretaria de Segurança) para que, através do videomonitoramento, a polícia seja avisada no momento em que houver a ação dos vândalos e suspeitos nas escolas.

Sobre a suspensão das aulas na escola, Márcio Félix confirmou que as aulas estão suspensas devido ao destelhamento, mas que em 15 dias tudo deve voltar ao normal. "Já estamos providenciando a compra de novas centrais de ar", afirmou.

  • Porto Velho
  • Rondônia

 

 

 

PUBLICIDADE
Variedades Apenas 3% da população mundial tem a marca X em ambas as mãos
Educação Bolas gigantes encontradas na Bósnia divide opinião de cientistas
Culinária Bolo de leite condensado (sem farinha)
Comportamento Sem espaço em casa? veja essas ideias
Saúde e Bem Estar Por que você deve dormir nu
Saúde e Bem Estar Fumar ajuda perder peso? Veja como esse mito deixou doente milhões de adolescentes no mundo
Comportamento Padrões de beleza feminina em 15 diferentes países. Brasileiros são mais exigentes.
Comportamento 8 segredos da linguagem corporal que usam todas as pessoas bem sucedidas. A 6ª é essencial.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE